Notícias

Mantenha-se atualizado
Anterior
Próxima

Maquiagem no Carnaval: cuide dos olhos também durante a folia

19/02/2020

Foto: Divulgação

O carnaval de rua está, a cada ano, mais popular. O aquecimento dos blocos pré-carnavalescos começa cada vez mais cedo. E, os foliões não medem esforços para uma maquiagem especial, adereços diferentes e muito brilho. Para não ficar no meio do caminho nessa maratona festiva, é muito importante não esquecer também dos cuidados básicos com a saúde. Sim, hidratação e alimentação leve são fundamentais para aguentar o pique, e devemos cuidar especialmente dos olhos que estão expostos ao suor, sol, maquiagens, glíter e grandes aglomerações de pessoas. A oftalmologista Carla Cordeiro Vita destaca algumas dicas para que incidentes não atrapalhem a folia.

No carnaval, a maquiagem tem que ser obrigatoriamente divertida e colorida. Para um look perfeito, um dos alertas é verificar se os produtos estão dentro do prazo de validade e são de procedência conhecida. As falsificações estão cada vez mais sofisticadas e pagar mais barato por algo que pode trazer alergias e infeccionar os olhos não vale a pena!

Escolhida a maquiagem, lembre-se que tudo é de uso individual. “Ao compartilhar produtos e objetos que entram em contato com os olhos, como pinceis e máscaras de cílios, se alguém estiver com alguma infecção ocular, seja por vírus ou bactéria, todo o grupo que usar a maquiagem poderá se contaminar”, explica a dra. Carla.

As sombras brilhantes e produções com glíter são as preferidas nessa época do ano, mas inspiram cuidados. O glíter convencional é composto por pedacinhos de plástico, não somente inimigo da natureza, mas também com potencial para arranhar a córnea. Menos nocivas, as opções ecológicas igualmente merecem atenção. “São partículas muito pequenas que, em contato com os olhos, podem causar alguma irritação, alergia ou lesionar os olhos. O mesmo pode ocorrer com as chamadas pinturas artísticas, que se estendem por todo o rosto. Devemos lembrar que, sob o sol e com o suor, as substâncias da tinta podem escorrer. Especialmente em crianças, recomendo não pintar a região dos olhos, pois é mais sensível nos pequenos foliões”, completa.

A especialista também chama a atenção para o uso de cílios postiços, que, nessa época do ano, ganham cores e ficam ainda maiores. “As alergias e problemas normalmente são causados pela cola. Preste máxima atenção para não utilizar a conhecida supercola, o que pode levar, inclusive, à perda dos cílios. Ao sentir mínimo desconforto, retire-os e aproveite o seu Carnaval sem eles”.